segunda-feira, 29 de setembro de 2014

Poder computacional para o uso em 3D



A tecnologia 3D, ou seja, a tecnologia que permite que às pessoas vejam algo que não existe fisicamente, através de imagens e vídeos.

Trata-se de uma tecnologia que agrada muito aos brasileiros de todas as regiões, e que já esta em pleno uso em muitos setores como Construção civil e principalmente em propaganda/Marketing.



No entanto, o Brasil ainda sofre com a falta de cursos para os profissionais que desejam se aprofundar no mundo 3D.  Muitos que querem se especializar acabam buscando isso em outros países.

Mas embora o país ainda sofra em relação à falta de estrutura acadêmica na tecnologia 3D, trata-se de algo que veio para ficar e que, a cada dia, ganha mais destaque.


Atualmente, o uso desta tecnologia no Brasil vive um momento de expansão e ainda promete muito crescimento.

Afinal, esta tecnologia pode trazer ao consumidor a chance de se sentir inserido no contexto do filme 3D, ter novas sensações em jogo ultra real. Todos hoje tem ainda a opção de poder ver a casa de seus sonhos em detalhes, antes mesmo de comprar o terreno!


Enfim, o que se pode dizer de forma segura em relação à tecnologia 3D no país, é que esta é uma área que, com certeza, ainda irá crescer muito, visto que o mercado brasileiro ainda é pouco explorado.



Os consumidores estão ávidos por tudo que é “novo”, tendo em vista que TVs, computadores e os jogos dotados da inovação são os mais vendidos do momento.

terça-feira, 15 de julho de 2014

História da Maquete eletrônica no Brasil

A maquete eletrônica é um modelo de maquete que também é chamado no mercado de maquete virtual ou maquete digital. Como ocorre com todo o sistema de maquetes, que pretende mostrar em dimensões específicas um modelo de um projeto, este tipo de maquete é feito através de um desenho industrial. Para se obter um bom resultado em uma maquete eletrônica, os profissionais gráficos utilizam a simulação de volume.
Para fazer uma maquete eletrônica no Brasil, notando que ela pode ser feita através de projetos de arquitetura, é necessário que o projeto inteiro esteja em um sistema de gráficos de computadores. O modelo mais comum de ser feito este trabalho é através de um grande conhecido de todos, a tecnologia 3D.

A história da maquete eletrônica no Brasil acompanha o crescimento da construção civil, da arquitetura contemporânea e de seus desdobramentos econômicos, com forte aplicação de recursos e atenção de investidores estrangeiros no país. Notada a necessidade de novos projetos no Brasil e acostumados com tecnologia de ponta, investidores estrangeiros, tanto da Europa, quanto dos Estados Unidos, foram os primeiros a apresentar projetos de maquete eletrônica no país. Essas apresentações ficaram mais comuns nos anos 90, principalmente para projetos de grande escala, como investimentos milionários em equipamentos públicos ou privados de larga escala.
Há de se registrar que ambientes acadêmicos também foram os primeiros do Brasil a tomarem contato com a tecnologia da maquete eletrônica, principalmente através de intercâmbio de informação entre doutores da área de arquitetura e engenharia dos mais variados segmentos.
Existem alguns materiais acadêmicos de qualidade que registram a história das maquetes eletrônicas, como exemplo podemos citar o conteúdo do livro “Projetando com maquetes: um guia para a construção e o uso de maquetes como ferramenta de projetos”, de Criss B. Mills, publicado pela Editora Bookman, em 2007, em Porto Alegre.
 
Uma maquete eletrônica, hoje desenvolvida sem problemas no Brasil, pode ser feita por meio de fotos, repleta de detalhes ou até mesmo muito simples, sem excessos e mais barata. Atualmente, é muito comum observar empreendimentos através de maquetes eletrônicas, pois a tecnologia gráfica de computador ficou muito mais acessível e barata de ser trabalhada. Alguns programas viabilizam a construção de maquetes eletrônicas com maior rapidez e praticidade, como as ferramentas de CAD e 3D Studio, por exemplo.
Nunca usou Maquetes Eletrônicas em seu projeto?

segunda-feira, 19 de maio de 2014

Arquitetura Sustentável



A arquitetura é um dos setores que mais cresce, resistindo, inclusive, às crises econômicas. Isso acontece porque continua sendo necessário projetar casas, prédios empresariais, comerciais e outras construções, afinal, disso depende intimamente o desenvolvimento das cidades, estados e países. E é por isso que quem resolve ser arquiteto precisa sempre se atualizar em relação às tendências e tecnologias mais modernas.
Falando em tendência, a consciência ambiental está entre os grandes focos da sociedade moderna. Percebendo que os recursos naturais estão cada vez mais escassos pelo uso inconsciente, e que a poluição já está afetando a qualidade de vida no planeta, os governos de diversos países (assim como empresas privadas), estão buscando alternativas para que permitam um desenvolvimento sustentável.



No caso, um dos elementos da arquitetura sustentável são as maquetes eletrônicas, que geram uma grande economia de materiais. As maquetes mais tradicionais precisavam de materiais como o papel, por exemplo, que para ser obtido, exige o desmatamento. Isso não acontece com as maquetes construídas no plano digital, o que já ajuda na preservação das matas, sendo, portanto, uma alternativa para fazer com que as atividades dos arquitetos sejam ecologicamente mais corretas.
Os benefícios da maquete eletrônica ultrapassam o plano ambiental, afinal, com toda a tecnologia disponível nas plataformas digitais, é possível desenvolver maquetes muito mais interativas, que proporcionem noções melhores de como será a construção real. O arquiteto também pode atribuir mais detalhes à sua obra, fazendo com que ela fique mais fiel ao projeto que deve ser erguido na realidade física.
A visualização das maquetes eletrônicas também é muito superior quando comparada aos projetos feitos com papel. Ou seja, a questão da arquitetura sustentável, nesse sentido, permite que se tenha um cuidado maior com a natureza, a fim de evitar que se acabe com os recursos dela e, ao mesmo tempo, permitir um trabalho feito com muito mais precisão. É a união de dois pontos extremamente positivos e importantes.
E é por isso que quem pretende seguir com a arquitetura deve ficar de olho nas maquetes digitais, aprendendo a trabalhar com elas para conseguir se manter e se destacar nesse novo mercado.

quarta-feira, 9 de abril de 2014

Arquitetura e Iluminação



     Um dos profissionais mais admirados por suas qualificações, o arquiteto já deixou de se tornar uma contratação de luxo nas construções e atualmente é visto como essencial para garantir a qualidade e durabilidade de construções nos mais diversos ramos da construção civil. 
     Para demonstrar suas ideias da melhor maneira possível para os clientes, que nem sempre são tão entendidos sobre assuntos como os programas utilizados para demonstrar os projetos arquitetônicos, por exemplo, o ideal é que sejam construídas maquetes eletrônicas. 
    



Assim, fica fácil oferecer aos clientes noções de proporção, combinação de cores, padrões que deverão ser seguidos e outros fatores como a iluminação, por exemplo. A arquitetura e a iluminação são verdadeiras aliadas em construções residenciais e, também, em construções de estruturas como hospitais, shoppings, instituições educacionais, restaurantes, bares, etc. 
     Nesses e em outros casos, a iluminação deve estar totalmente integrada com o projeto arquitetônico. Tanto a iluminação natural quanto o projeto elétrico devem estar bem afinados para que o resultado final seja da garantia de uma iluminação adequada em todos os momentos do dia, ou seja, esses e outros detalhes deverão ser previstos pelo arquiteto a fim de oferecer a seus clientes o máximo de visibilidade do projeto antes de ele começar a ser executado – e aí está a importância da maquete bem projetada e construída. 
     É através da maquete que será possível demonstrar ao cliente, seja ele corporativo ou não, a importância do investimento de um projeto de iluminação totalmente alinhado com o projeto arquitetônico. Desde o posicionamento de portas e janelas, até os locais indicados para a instalação de determinados tipos de luminárias e lâmpadas, tudo deverá ser analisado com muito cuidado pelo arquiteto. 
     No projeto final que será aprovado pelo cliente, melhorias já deverão ter sido feitas graças à possibilidade de perceber o projeto e sua execução através da maquete, que funciona como uma verdadeira simulação de como o projeto será viabilizado na prática. 
     Sendo assim, é possível observar a importância tanto da maquete, quanto do projeto de iluminação feito pelo arquiteto. Investir nesses dois itens garante resultados de acordo com a expectativa de ambos, ou seja, sucesso.


Saiba mais em: www.3dds.com.br

segunda-feira, 24 de março de 2014

Tecnologia de Animação 3D Passiva Ativa e Estéreo



As animações em 3D já deixaram de ser uma exclusividade de cinemas que dispõem dessa tecnologia para os espectadores que querem experimentar o máximo de realidade ao assistirem a algum filme ou documentário pela telona. Hoje, é possível encontrar modelos de televisões residenciais que contam com a tecnologia 3D através dos óculos que acompanham a compra desses modelos de televisão.

No entanto, na hora de ir até a loja para adquirir uma televisão 3D, o consumidor toma conhecimento da variedade de modelos, tamanhos, grau de definição e uma informação que não é tão difundida nas propagandas: tecnologia passiva ou ativa. O 3D possui essas duas opções, sendo que a primeira, a ativa, funciona de modo que as imagens recebidas pelo espectador são acompanhadas pelos óculos através do envio de um sinal. Sendo assim, a tecnologia 3D ativa oferece ao espectador a experiência de acompanhar o máximo de definição, com tecnologia de ponta.

A tecnologia 3D Estéreo já é mais conhecida por todos, como quando se vai a uma sala de cinema 3D e, na entrada, são oferecidos óculos colorido azul e vermelho, sendo que a filmagem também é diferenciada.

No caso da tecnologia 3D passiva, é uma opção que se torna mais econômica e, para alguns, mais confortável, pelo fato de que os óculos não recebem nenhum tipo de sinal. Os óculos apenas contam com as lentes sobrepostas de modo que a imagem que está passando na televisão, que já tenha a tecnologia 3D passiva incluída em seu sistema, exponha as imagens sem nenhum tipo de envio externo de sinal.

O modelo de televisão 3D ativo é mais indicado para quem quer ter o máximo de alta definição possível, no entanto, os óculos que acompanham as televisões disponíveis no mercado atualmente são mais pesados e necessitam de pilha (algumas são pilhas de relógio e outros modelos contam com possibilidade de recarga via cabo USB).

A televisão 3D modelo passivo é indicada para quem quer se divertir com amigos e familiares, de modo que as crianças também têm facilidade para assistir aos filmes e programas utilizando os óculos, que são mais leves e práticos. Geralmente, as televisões que contam com o sistema de 3D passivo já vêm acompanhadas de 4 óculos que são praticamente descartáveis, de fácil utilização e com a vantagem de possibilitar mais ângulos de visão ao espectador.

Além da indústria cinematográfica, o 3D também é bastante utilizado por empresas que desejam que seus clientes possam visualizar o máximo de realidade de um projeto de imóvel ou de qualquer tipo de construção. A empresa 3DDS oferece essa tecnologia em seu portfólio de serviços, uma nova maneira de oferecer a seus clientes um novo jeito de aprovar projetos e observar o futuro.

segunda-feira, 17 de fevereiro de 2014

Perspectivas 3D internas de ambientes diversos






   No momento de pensar na decoração de um ambiente especial, é sempre recomendado fechar o projeto final com um arquiteto ou decorador. Para ajudar estes profissionais a expor suas ideias, existem tecnologias que permitem visualizar o ambiente decorado com todas as perspectivas internas em 3D antes de determinar a execução do projeto. Essa tecnologia pode ser aproveitada pelos clientes por meio de maquetes eletrônicas, animação 3D e Tour Virtual.
  


Imagine as vantagens de poder ver um ambiente completamente decorado do jeito que você sempre sonhou, antes de colocar o projeto de decoração em prática. Com o serviço de animação 3D da 3DDS, você garante que todos os detalhes do projeto serão exatamente do jeito que você imaginou, pois você consegue enxergar a plenitude do projeto executado bem na tela do computador. Isso evita atrasos na decoração e desperdício de dinheiro.
   Além disso, ao contratar um serviço de perspectivas internas 3D de ambientes, você garante que o projeto realmente terá a harmonia desejada entre os itens decorativos, os materiais, as cores e todos os detalhes escolhidos para tornar o ambiente único, sofisticado e aconchegante.
   Para colocar seu projeto de decoração em prática, você pode contar com o apoio da 3DDS, uma empresa especializada em trabalhos de maquetes virtuais, animação 3D, Tour Virtual, Visualização interativa 360 Interna e Externa, entre outros serviços de extrema qualidade.
   A 3DDS está atualizada com as mais novas tecnologias de software e hardware para oferecer aos clientes o melhor trabalho do mercado. O serviço oferecido pela 3DDS é feito de forma personalizada e conta com total apoio ao cliente durante a execução do projeto.
   Garanta a qualidade do seu projeto de decoração por meio de um serviço qualificado de visualização virtual de ambientes em 3D. Com esse serviço, seu projeto de decoração ficará com a sua cara e você diminuirá as chances de erros e retrabalhos.
   O trabalho da 3DDS é importante para mostrar ao cliente como o ambiente ficará antes que ele inicie a compra dos itens de decoração. Entre em contato com a 3DDS e solicite um orçamento.